PERCEPÇÃO DOS ALUNOS E ASPECTOS MOTIVACIONAIS DA ESCOLHA DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS NA MODALIDADE DE ENSINO PRESENCIAL: ESTUDO DE CASO NA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS DE PETROLINA – FACAPE

  • Florisvaldo Cunha Cavalcante Júnior
  • Herrisson Queiroz Neto
  • Josaias Santana dos Santos
Palavras-chave: Ensino Presencial, Ciências Contábeis, Motivação, Percepção

Resumo

O objetivo geral deste estudo é pesquisar a percepção e os aspectos motivacionais para a escolha de um curso presencial. A presente pesquisa é de caráter exploratória e de campo, com abordagem quantitativa. A coleta de dados foi realizada através da aplicação de questionários com os alunos do 2º e 3º Período de Ciências Contábeis da FACAPE, em um universo de 100 alunos, 10 alunos de cada turma foram selecionados para participar da amostra, o critério de seleção dos sujeitos também foi a escolha aleatória. De um modo geral, identificou-se que os alunos da amostra desse estudo não estão insatisfeitos com essa modalidade de ensino. Percebeu-se, em relação aos aspectos motivacionais para a escolha do curso presencial, 70% afirmam ter escolhido pela maior valorização pelo mercado de trabalho; 20% por não possuir tempo disponível para aprofundar os estudos e 10% afirmaram acreditar que no ensino presencial o rendimento é maior. Portanto, conclui-se que é notório que ainda há um preconceito pelo mercado de trabalho em relação ao ensino EaD, porém, com o avanço da tecnologia a tendência é que as empresas passem a valorizar mais estes profissionais. Como já se esperava, o segundo motivo mais relevante para escolher o ensino presencial é ter tempo disponível para aprofundar os estudos, pois o ensino presencial exige uma dedicação maior.

Publicado
2021-06-08